Blog

História do Bolinho de Chuva

Por kinadofeijao em 6 de outubro de 2016 , Nenhum Comentário

cap0117

No Brasil do final do século XVIII, muitas receitas tinham como ingredientes de base a mandioca ou o cará, pois naquela época o trigo era caro, vinha de Portugal com o nome de “farinha do reino”. “Isso pode ser um indício de que o bolinho de chuva, tal qual conhecemos hoje, só veio anos mais tarde, com a popularização do trigo em meados do século XIX, e vemos também na massa deste docinho certa semelhança com a massa do sonho, tradicional item da doçaria portuguesa.
O doce até hoje é consumido em Portugal e na áfrica, devido aos poucos ingredientes necessários e a facilidade de fazê-los. Obviamente, existem algumas variações de um país para outro, como a adição de frutas picadas em algumas versões e até mesmo de recheio, conhecidos no Brasil como Sonho, mas que em Portugal são servidos apenas no Natal.
Uma referência bastante conhecida no Brasil sobre essa receita vem das histórias do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Monteiro Lobato, na qual a personagem Tia Anastácia, para alegrar Pedrinho, Narizinho e a boneca de Pano Emília, faziam diversos bolinhos de chuva.

Junte-se à conversa