janeiro 2018

All posts from janeiro 2018

Camarões

Por kinadofeijao em 26 de janeiro de 2018 , Nenhum Comentário

A maioria alarmante dos brasileiros é apaixonada por camarão, independente de como é servido. Para quem não sabe, camarão é a designação comum a diversos crustáceos da ordem dos decápodes, podendo ser marinhos ou de água doce.

A pesca e a agricultura de camarões são atividades econômicas muito importantes para o Brasil, devido ao seu elevado valor comercial.

Seja no almoço com a família no domingo, seja em um evento sofisticado, o camarão pode estar presente constituindo diferentes pratos. Mesmo que não seja servido como elemento principal, os camarões sempre são um jeito de aparecer nos molhos ou apresentam-se como petiscos, por exemplo.

No Kina do Feijão Verde, você experimenta pratos diversos acompanhados dessa delícia. Camarão, Camarão à Grega, Camarão à Milanesa e muito mais! Ficou com água na boca? Então vem experimentar!

Leia Mais

Paçoca

Por kinadofeijao em 19 de janeiro de 2018 , Nenhum Comentário

A paçoca é um prato típico da culinária brasileira. Feita à base de farinha de mandioca e carne seca, é querida em várias regiões do país.

No Nordeste, a paçoca é indispensável nas festas juninas, por exemplo. Nessa parte do país, o prato também é comum nos almoços em família, especialmente em churrascos.

Em Roraima, na região Norte, é produzido a maior paçoca de carne do mundo! No Sudeste, existe até mesmo um evento anual chamando “Festa Nacional da Paçoca”, celebrada em Minas Gerais. Em São Paulo, existe o “Festival da Paçoca”.
O Sul também tem o prato como um de seus mais queridos, o qual faz parte de uma herança cultural africana. Lá, é comum incrementar a receita com pinhão, uma semente do pinheiro araucária.

Seja qual for o local do Brasil, a paçoca é um sucesso! E aqui, no Kina do Feijão Verde, você pode se deliciar com esse prato maravilhoso! Vem!

Leia Mais

Cortes de Picanha

Por kinadofeijao em 9 de janeiro de 2018 , Nenhum Comentário

A “Rainha dos Churrascos” é saborosa, macia e suculenta, e ainda pode ser preparada de diferentes formas. Por isso, é difícil imaginar um almoço de domingo com a família sem a famosa gordurinha de picanha, não é?

Você é um amante dessa delícia? Então confere os tipos de corte de picanha para você aproveitar!

Picanha inteira: Leva cerca de 40 minutos para ficar no ponto para mal passada. A dica é realizar cortes na gordura em uma direção e outros em sentido contrário. Isso ajuda o sal e o suco da gordura a entrarem na peça.

Bifes na grelha: clássica forma de preparar a picanha. Os bifes são cortados a uma espessura de 3 cm (2 dedos).

Bifes no espeto: Os bifes são colocados no espeto e tudo é levado à churrasqueira. Lembre-se: gordura para o lado de fora do espeto.

Meia lua ou medalhões: picanha cortada em bife, porém, de maneira mais grossa. São colocadas em espetos com a gordura sempre para o lado de fora do espeto.

Gostou das dicas? Agora é só experimenta-las! E se quiser uma boa picanha, venha para o Kina do Feijão Verde!

Leia Mais
Clube