maio 2017

All posts from maio 2017

Bacalhau ao forno

Por kinadofeijao em 29 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

 

INGREDIENTES

  • 1 kg de bacalhau
  • 1/2 kg de batata
  • 1/2 kg de cenoura
  • 2 cebolas grandes
  • 2 tomates vermelhos
  • 1 pimentão
  • 1 colher de sopa de
  • extrato de tomate
  • Leite de coco
  • Alho, sal, coentro e azeite de oliva a gosto
  • Azeitonas

MOLHO

  • 2 copos de leite
  • 1 1/2 colher de sopa de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 ovo
  • 1/2 xícara de creme de leite
  • Noz-moscada, pimenta-do-reino e sal

MODO DE PREPARO

  1. Deixe o bacalhau de molho por 24 horas mudando sempre a água
  2. Escalde numa rápida fervura removendo peles e espinhas
  3. Coe a água onde o bacalhau foi cozido e reserve
  4. Tempere o bacalhau em lasquinhas, com alho, sal e coentro
  5. À parte, coloque uma caçarola no fogo com azeite de oliva e as cebolas em rodelas
  6. Adicione os tomates sem pele e sem sementes, o pimentão e as azeitonas picadas
  7. Junte o bacalhau, o extrato de tomate, o leite de coco e um pouco da água onde foi cozido o bacalhau
  8. Deixe tudo cozinhar bastante
  9. Fica com farto molho
  10. Prove para ver se o sal está a gosto
  11. Cozinhe as batatas e as cenouras em rodelas

MOLHO

  1. Bata no liquidificador o leite, o trigo e a manteiga derretida
  2. Leve ao fogo e mexa bastante até engrossar a mistura
  3. Finalmente, junte o creme de leite, a noz-moscada, a pimenta-do-reino, o sal e o ovo batido
  4. Unte um pirex grande com azeite depois de ter esfregado por dentro dele um dente de alho
  5. Deixa um gosto bom
  6. Arrume em camadas alternadas o bacalhau, a batata e a cenoura
  7. Cubra tudo com molho e leve ao forno para gratinar
  8. Ao sair do forno, enfeite com azeitonas e salsa
  9. Sirva com arroz branco
Leia Mais

Pé de moleque de leite condensado

Por kinadofeijao em 25 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

INGREDIENTES

  • 500 g de amendoim
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 lata de leite condensado

MODO DE PREPARO

  1. Torre o amendoim retire a casca
  2. Coloque em uma panela, acrescente o açúcar e o leite condensado
  3. Leve ao fogo e mexa até começar desgrudar do fundo da panela
  4. Em seguida despeje em uma forma untada com óleo
  5. Deixe esfriar um pouco e corte em quadradinhos
Leia Mais

Caipirinha, a bebida típica do Brasil

Por kinadofeijao em 22 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

A história do drinque tupiniquim vem de longa data, do início do século XX, mais precisamente em 1918, quando a mistura de cachaça, limão, mel e alho era consumida no país como remédio para amenizar os efeitos da gripe espanhola. O limão era utilizado por conta da grande concentração de vitamina C e a cachaça em função do álcool, que ajudava a acelerar os efeitos da mistura.

Leia Mais

Frango ao coco e abobrinha

Por kinadofeijao em 22 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

INGREDIENTES

  • 2 xícaras (chá) de peito de frango cortado em cubos médios
  • Suco de 1 limão
  • Sal e pimenta vermelha a gosto
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • ½ cebola picada
  • ½ colher (sopa) de gengibre ralado
  • 1/3 de xícara (chá) de Café Caboclo preparado
  • ½ vidro de leite de coco
  • 1 abobrinha brasileira grande cortada em palitos
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de castanha-de-caju picada

MODO DE PREPARO

  1. Tempere o frango com metade do suco de limão, o sal e a pimenta;
  2. Em uma panela aqueça 2 colheres (sopa) de azeite e frite a cebola e o gengibre;
  3. Junte o frango, frite até dourar e adicione o café e o leite de coco;
  4. Mexa até aquecer, desligue e reserve na panela;
  5. Em uma frigideira, aqueça o restante do azeite, refogue a abobrinha, polvilhe a salsa e tempere com o sal;
  6. Na hora de servir, polvilhe a castanha-de-caju por cima do frango e sirva com a abobrinha.
Leia Mais

Conheça a história da tapioca

Por kinadofeijao em 18 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

Uma iguaria tipicamente brasileira, a tapioca é de origem tupi-guarani. Ela é feita da fécula que é extraída da mandioca, que também é conhecida como gama da tapioca, polvilho, goma seca, polvilho doce. Seu preparo é simples, feita em frigideira ou chapa aquecida, ela vira uma espécie de panqueca ou crepe seco. Pode ser recheada ou não, sendo que seu recheio tradicional é o coco e o queijo. A forma de preparo é simples, utiliza-se uma vasilha onde se borrifa água sobre a goma da tapioca e o sal, mexe-se a mistura com os dedos. Vai adicionando água lentamente, esfarelando a mistura até que solte das mãos. Feito isso se utiliza uma frigideira antiaderente para fritar a goma. Nesse momento aplica-se os recheios,. Dizem que a história da tapioca tem a ver com o povo-tupiguarani, que ocupavam o território brasileiro e usavam a tapioca na sua dieta. Eles inventaram a tapioca pela necessidade encontrada de diminuir do tamanho do beiju e poder ser cozida no fogo. A tapioca também foi utilizada para substituir o pão na época da colonização. Ela era utilizada na alimentação dos escravos também, e hoje é um dos pratos mais comuns da região nordeste

Leia Mais

Mandioca: conheça mais sobre esse ingrediente nordestino

Por kinadofeijao em 15 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

Chame de aipim, de macaxeira ou de mandioca: o fato é que poucos ingredientes são mais brasileiros do que esta raiz saborosa, que pode ser preparada em pratos doces ou salgados.

Ela está presente até onde não se imagina, como no pão de queijo (feito com polvilho doce, ingrediente extraído da mandioca) e a tapioca, que hoje é sucesso nas mesas de café da manã de todo o Brasil.

No episódio da última terça-feira (16) no programa “MasterChef”, o desafio eliminatório foi preparar um prato com uma variação da raiz: tucupi, farinha, polvilho doce, goma de tapioca…

Para quem achava que sabia muito bem como lidar com mandioca acabou sofrendo na mão dos jurados. O eliminado da vez foi o piloto Hamilton, a quem foi dada a missão de preparar um prato com farinha de Uarini, conhecida na região Norte.

Existem muitas variedades de mandioca. As duas mais conhecidas são a de mesa ou mansa (que também é chamada de aipim ou macaxeira) e a mandioca brava. Todos os tipos de mandioca precisam ser bem cozidos antes do consumo, para eliminar componentes tóxicos de sua composição.

Na hora de comprar a raiz para fazer em casa, a dica é verificar a cor: quanto mais branca a polpa, melhor. Evite se possível mandioca com manchas ou coloração escura.

Conheça a seguir algumas dos derivados do ingrediente país afora –e aventure-se com os sabores especiais que só a mandioca produz.

Farinha de mandioca

É o principal derivado do tubérculo. Em geral, divide-se em três grandes grupos: as secas (raízes raladas, peneiradas e secas em forno), a farinha d’água (quando as raízes fermentam na água e só então são raladas e secadas) e as mistas, mistura de farinha seca e d’água.

Tapioca

Feita a partir da goma da mandioca, precisa ser hidratada antes de ser utilizada. Pode ser tostada na frigideira e recheada, ou ainda usada (na forma de grãos) em receitas como os Bolinhos de Estudante, receita tradicional baiana. O ingrediente também pode ser transformado em pratos como pudim e cuscuz.

Polvilho

Um dos ingredientes fundamentais do pão de queijo, o polvilho é extraído a partir da mandioca ralada. Trata-se do amido puro da raiz, retirado quando a massa é lavada para preparar a farinha. Polvilho azedo significa que o amido sofreu fermentação durante sua fabricação, o que não acontece com o polvilho doce.

Tucupi

Prato típico do Pará e consumido em toda a região Norte, o tucupi é preparado com o caldo extraído da mandioca brava após a lavagem para a fabricação da farinha. O líquido precisa ser fervido e fermentado antes de ser utilizado na culinária.

Leia Mais

Torta de limão com suspiro

Por kinadofeijao em 12 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

receita-torta-limao-01

INGREDIENTES

MASSA

  • 1 1/2 pacote de bolacha maria
  • 200g de margarina derretida

RECHEIO

  • 2 latas de leite condensado
  • Aproximadamente 1/2 lata de suco de limão peneirado

SUSPIRO

  • 3 claras
  • 3 colheres de açúcar

DECORAR

  • Raspas de limão

MODO DE PREPARO

  1. Triturar toda bolacha até que fique como farinha e misturar a margarina derretida até que apertando fique bem firme em uma forma de fundo falso;
  2. Já coloque na forma e reserve;
  3. Misture o leite condensado com o suco de limão até que fique azedinho mais doce;
  4. Coloque em cima da massa;
  5. Reserve;
  6. Bata as claras quando estiverem firmes coloque o açúcar e bata mais um pouco coloque em cima do recheio de limão faça picos com uma colher para decorar coloque as raspas de limão e leve ao forno até que doure, aproximadamente 30 minutos;
  7. Sirva fria de preferência de um dia para outro;
  8. Fica mais acentuado o gosto do limão.

 

Leia Mais

Bolo de Iorgute Natural

Por kinadofeijao em 9 de maio de 2017 , Nenhum Comentário

feijao-tropeiro-mineiro-3

INGREDIENTES

  • 500 g de feijão carioquinha cozido
  • 200 g de toucinho
  • 1 concha de óleo
  • 1 cebola média picada
  • 4 dentes de alho
  • 5 ovos
  • 1 colher de sopa de sal com alho
  • Cheiro verde a gosto
  • 200 g de farinha de mandioca

MODO DE PREPARO

  1. Coloque o óleo em uma panela e doure a cebola, acrescente o bacon e frite bem;
  2. Adicione o alho, sal e os ovos, misturando com cuidado para que não se despedacem muito;
  3. Refogue o feijão, baixe o fogo, misture a farinha aos poucos e o cheiro verde.
Leia Mais
Clube